Publicações

Quanto você está preparado para competir por uma vaga?

Por: Rômulo Machado

Participei recentemente de minha primeira corrida de rua, e o que me chamou a atenção foi o espírito dos participantes, não havia clima de competição, todo mundo vibrando e ansiosos por iniciar a prova e correr e correr.

Muitos como eu, pela experiência, mas outros no sentido de superarem suas marcas, não percebi ninguém se acotovelando, muito pelo contrário, vi muitos se ajudando e todos com o objetivo terminar a prova e receber a merecida medalha.

Mas o que isto tem a ver com quem está procurando trabalho?

Continue lendo “Quanto você está preparado para competir por uma vaga?”

Não se boicote na entrevista

Ao ser chamado para a entrevista fique atento para tirar o melhor proveito desta oportunidade.

É fundamental saber se posicionar, responder objetivamente às perguntas do recrutador e se mostrar disponível. Ser franco honesto e ético durante a entrevista é essencial.

Existem muitos comportamentos que não são adequados em um processo seletivo e, por isso, podem lhe prejudicar. Podem, inclusive, resultar em sua reprovação, independente das competências que você possui.

Destacamos aqui alguns deles, que são muito comuns:

  • Falar mal / queixar-se de ex empresas, ex chefes, ex colegas de trabalho – você está na entrevista para falar de você e não dos outros;
  • Falar demoradamente sobre qualquer assunto que seja – seja objetivo na medida certa, fornecendo informações, mas sem se estender demais (nem de menos);
  • Arrogância – entenda que é diferente de autoconfiança;
  • Querer demonstrar intimidade forçada com o entrevistador – ele não é seu amigo, ele está lhe avaliando.

Seja profissional. Opte pela discrição, postura segura e simpatia e aumente suas chances de sucesso.

Mostre disponibilidade em um processo seletivo

Como todos sabemos, os processos seletivos costumam ter diferentes etapas, o que os tornam, muitas vezes, demorados.

Desde o primeiro contato do recrutador até o fechamento da vaga (que pode ser com você ou não), pode levar inclusive mais de um mês. Independente disso, se você realmente tem interesse na vaga, tenha paciência.

Fazer follow up é adequado, mas ficar cobrando o recrutador insistentemente não vai lhe ajudar.

Outra coisa, esteja disponível para participar de todas as etapas do processo seletivo. Não coloque dificuldades, não se atrase e não falte. Demonstre comprometimento.

E, por fim, infelizmente, nem sempre os recrutadores dão retorno negativo, o que é muito ruim, mas não desanime. No caso de não ter sido aprovado, não se deixe abalar. Tenha disciplina que em breve seu momento irá chegar.

Você está buscando uma recolocação, mas sequer é acionado pelos recrutadores?

Pois saiba que, provavelmente, o seu Curriculum não está chegando na pessoa certa.

Desenvolver um Curriculum atraente significa pensar estrategicamente: O que os recrutadores buscam? Como eles pensam? O que avaliam?

Pense também como seria se você estivesse contratando uma pessoa com seu perfil. O que qualificações você iria avaliar?

Para isso, seguem algumas dicas:

  • Coloque no CV de forma clara quais são os seus objetivos profissionais;
  • Recheie seu texto de palavras-chave – pense como os recrutadores pensariam;
  • E, prepare-se para o processo seletivo – ao ser acionado, não perca essa chance por não saber como se portar.

Anote essas dicas e boa sorte!

Persista no Alvo

Um arqueiro possui qualidades específicas para executar um bom trabalho. Além da prática constante, que o tornará primoroso tecnicamente, é fundamental concentração, disciplina e treino.  Tendo em mente que há sempre como evoluir, um bom arqueiro aceita que o erro faz parte do seu processo de aprimoramento e valoriza cada acerto como pequenas conquistas na busca de seu objetivo.

Sem contar, obviamente, da importância de ter mentores competentes que enxergam coisas que ele sozinho não consegue ou tem dificuldade de perceber, orientando-o e somando através de sua experiência.

A dedicação e a busca constante por melhorias fazem toda a diferença. E, por fim, como em qualquer situação da vida, a persistência e paciência são ótimos aliados!

Assim também é na sua carreira! Persista, dedique-se e confie em alguém que possa lhe orientar da melhor forma. O sucesso será só uma consequência!

Na foto, nossa consultora, Luciana Serafin, praticando o seu esporte preferido: Tiro com arco.

Local: Ecco Archery – www.eccoarchery.com.br

O Improve está de cara nova

Estamos de cara nova.  Ao longo do nosso primeiro ano de vida aprimoramos o propósito de atuar como parceiros dos nossos clientes para que eles possam ser os agentes de sua própria transformação. E foi através desse entendimento que buscamos ajustar a nossa marca ao nosso jeito de ser, pois acreditamos que é possível, através de um trabalho meticuloso fazer a diferença para pessoas e empresas que buscam o seu desenvolvimento, constante melhoria e aprimoramento: Improve!

Nós acreditamos nas pessoas como protagonistas do seu próprio sucesso e é isso que nos move.

Sabemos da importância de quebrar paradigmas e nos abrirmos para o novo, agindo como influenciadores, onde estimulamos a ruptura de antigas crenças que limitam dando lugar a autorresponsabilidade, e percepção de que para crescer é preciso adquirir cada vez mais conhecimento, coragem e ousadia.

Esse é o jeito de ser do Improve!

 

Qual seu papel no processo seletivo?

Em um processo de seleção, a responsabilidade da contratação de um novo profissional é mútua entre o RH e o gestor da área. E, justamente por ser uma responsabilidade compartilhada é que ambos devem ter condições de conduzir esse processo, cada um no seu papel, mas com seus respectivos graus de importância.

Continue lendo “Qual seu papel no processo seletivo?”