O Processo de Seleção onde o Recrutador não vê o candidato

Se você já assistiu algum daqueles programas musicais onde os jurados escolhem seus candidatos sem vê-los, então você já tem uma noção do que é uma seleção às cegas. Essa nova modalidade de processo seletivo surgiu como uma forma de promover a diversidade e inclusão, eliminando escolhas tendenciosas.

Independente do recurso utilizado nestes processos, o fato é que informações como sexo, cor, gênero, idade, sotaque, faculdade, orientação sexual, características físicas entre outras que possam despertar algum tipo de preconceito, ficam fora da seleção.

Trocando em miúdos, o candidato avança no processo seletivo única e exclusivamente em função de suas competências, conhecimentos experiências e habilidades, valorizando aspectos que realmente farão diferença no exercício da função.

Além de promover um processo seletivo mais igualitário, a empresa também ganha ao contratar profissionais mais alinhados aos seus valores e necessidades.

Por outro lado, o candidato, pode se sentir mais confortável devido à percepção de que é um processo mais justo, permitindo maior tranquilidade e espontaneidade para expor suas competências e realizações.